goedkoopopvakantie.info

Baixe e instale aplicativos, jogos e filmes de graca

BAIXAR PONTOS DE CABOCLO UMBANDA


ouvir boiadeiro,baixar boiadeiro,ponto de boiadeiro,,Ponto,Umbandista,baixar de Caboclo Boiadeiro,Baixar Pontos de Caboclo Boiadeiro,ouvir umbanda. ouvir boiadeiro,baixar boiadeiro,ponto de boiadeiro,,Ponto,Umbandista,baixar pontos,ouvir pontos,Baixar,Baixar Pontos de Umbanda,Pontos de Umbanda. Ponto do Caboclo Teimoso da Aruanda (Caboclo Rei Guiné)Pai Pedro Miranda Gêise, Mãe Gertrudes, Mãe Lídia)Tenda de Umbanda Caboclo Caramã e Pai.

Nome: pontos de caboclo umbanda
Formato:ZIP-Arquivar
Sistemas operacionais: iOS. Windows XP/7/10. MacOS. Android.
Licença:Grátis!
Tamanho do arquivo:67.23 Megabytes

UMBANDA CABOCLO PONTOS BAIXAR DE

Caboclo nasceu nas matas. Na sua aldeia tem os seus caboclos. Mas minha ideia é abrir mais pros lados da Umbanda em si, e dos guias de trabalho de fato. Pra vencer essa demanda. Saia do mar linda sereia Saia do mar venha brincar na areia Saia do mar linda sereia Saia do mar venha brincar na areia Saia do mar sereia bela Saia do mar venha brincar com ela Saia do mar sereia bela Saia do mar venha brincar com ela. Tem Azul, Verde, Amarela. Balanceou, tremeu a terra.

ouvir boiadeiro,baixar boiadeiro,ponto de boiadeiro,,Ponto,Umbandista,baixar pontos,ouvir pontos,Baixar,Baixar Pontos de Umbanda,Pontos de Umbanda. Ponto do Caboclo Teimoso da Aruanda (Caboclo Rei Guiné)Pai Pedro Miranda Gêise, Mãe Gertrudes, Mãe Lídia)Tenda de Umbanda Caboclo Caramã e Pai. Ver las letras de Umbanda y escuchar "Hino da Umbanda", "Ponto de Maria Padilha", "Cigana", "Ogum", "Abertura de Exu" y más canciones!. Ouça músicas de Umbanda como 'Abertura da Gira', 'Se Meu Pai É Ogum (ogum Iara)', 'Deu Pontos de Iansã - Ela É Oya .. Ponto do Caboclo Tupinambá. Venha ouvir Pontos de Iansã - Ela É Oya, Ponto de Maria Padilha, O Sino da Igrejinha e muitas outras músicas!.

Exu da Meia-Noite - Vinheta. Exu das Almas - Viva as almas. Exu Elegua - Guerreiro. Exu Giramundo - Cadê Giramundo. Exu Giramundo - Girou Exu giramundo. Exu Giramundo - Quem gira o mundo. Exu Guerreiro - Galo cantou. Exu Maré - Reino de Janaina. Exu Morcego - Eu tenho asas. Exu Sete Catacumbas - Gargalhou.

PONTOS UMBANDA CABOCLO BAIXAR DE

Exu Sete da Lira - Sou Exu. Exu Sete Encruzilhadas - Era meia noite. Exu Sete Encruzilhadas - Firma seu ponto. Exu Sete Encruzilhadas - Meu amigo de fé.

Exu Sete Encruzilhadas - Meu Senhor das almas. Exu Sete Encruzilhadas - Morador Encruzilhada. Exu Sete Encruzilhadas - Quer saber seu nome. Exu Sete Encruzilhadas e Marabo. Exu Sete Encruzilhadas - Toma Conta. Exu Tata Caveira - Soltaram o bode preto. Exu Tiriri - Bara na porteira. Exu Tiriri - Eu vi Exu. Exu Tiriri - Exu Pequenininho. Exu Tiriri - Meia noite em ponto. Exu Tiriri - Rei da Encruzilhada. Exu Tiriri - Eu Tiriri. Exu Tranca-Rua - Dia clarear. Exu Tranca-Rua - Eu amei alguem 1. Exu Tranca-Rua - Eu amei alguem 2.

Jurema, Jurema, Jurema. Estrela no céu brilhou. E toda a mata clareou. Clareia a choupana da Jurema. Caboclo é. É caboclo de pena.

Oxossi é, caçador da Jurema. Caboclo da mata. Vem na Umbanda trabalhar. Ponto da Cabocla Jurema. Jurema, seu saiote é muito lindo. Seu cocar é divino. Tem um lindo diadema. Vai buscar sua falange. Para vir descarregar.

Significado de Caboclo

Jurema, Jurema. Jurema olha a madrugada é sua. Jurema tem o perfume das matas. Jurema com todos os seus companheiros.

Novo CD de Mara Pavanelly tem participação de Jonas Esticado. Baixe agora!

Lutando pra nos salvar. Ela é Cabocla Jurema. Juremei, Jurema. Com sete dias de nascida. E lhe deixou na folha seca. Companheiros da Jurema. Ai de mim tem dó! Ai de mim, meus companheiros.

Ilumina o mundo sem parar. Ilumina a mata virgem. Vinde, vinde companheiros! Ai de mim tem dó. Jurema, ô Juremê,. Ô Jurema. Quando clareou o dia. Jurema, ela é Jurema. Que lutou pra nos salvar. Com Caboclo Pena Branca. Caiu uma flecha na Jurema. Veio o sereno e molhou. E depois veio o sol. Enxugou, enxugou. E a sua mata se abriu toda em flor. Que lindo capacete de pena. Tem a Cabocla Jurema. Eu estava nas matas.

Quando eu vi passar uma cabocla de penas. Seu mano é a estrela, ô Jurema! Seu Sete Estrelas que alumia, ô Jurema! A mata virgem escureceu. Jurema da Cachoeira. Onde tem palmeira. É uma linda cabocla. Tem um saiote de penas. Ponto da Cabocla Jurema da Mata.

Jurema quando vem da mata. Com sua flecha de prata. Caminhando sobre a areia. Ela é, ela é, ela é. A menina dos olhos.

Do Cacique Aymoré. Ô Jurema, Jureminha. Rainha dos caçadores. Quando ela firma seu ponto na areia. Na linha das almas, na linha de Xangô. Seu saiote carijó brilhou na mata. A Cabocla Jureminha veio na Umbanda. Chegou na banda a Cabocla Jussara. Ponto do Caboclo Lambari. Lambari de ouro de Nossa Senhora. Ta puxando tora, ta puxando tora. Pra fazer capela pra Nossa Senhora.

Pontos de Iansã - Ela É Oya

E pia a cobra coral. Ele é Caboclo Mata Virgem. Caboclo Mata Virgem. Auê, auê, auê. Em plena mata eu vi. Um caçador da Jurema. Era seu Mata Virgem. Com seu saiote de pena. Com sua flecha e seu bodoque.

E seu saiote de pena. Das matas saía pó. Caçando a cobra cipó. Seu Mata Virgem é pai. Vamos pedir, vamos implorar. Ele vem na Lei de Umbanda.

Mas ele é Caboclo Mata Virgem. Ele é vencedor de demanda. Ele vem de longe. Da cidade da Jurema. Seu Mata Virgem é um caboclo cismado. Com sua flecha na frente. E seu bodoque do lado. E sua mata clareou. Oi ele é. Rei Caçador. É espalhar a caridade. E a seus filhos abençoar.

A girar, a girar. Penacho rei, eu nunca vi assim. É o Caboclo Mirim. Ponto do Caboclo Monte Verde. De onde vem seu Monte Verde. Ele vem da cidade da Jurema. Mas ele vem zuando, zuando! Sacudindo as suas penas. Levantando poeira. Ponto do Caboclo Oxossi da Jurema. Seu Oxossi da Jurema. Erê rê rê Ponto do Caboclo Oxossi das Matas. Ele correu terra, ele correu mar. Que as folhas da Jurema. Ponto do Caboclo Pena Azul. Do alto da serra morena. Ele é seu Pena Azul.

Caboclo Pena Azul. Nós estamos lhe chamando. Confiantes estamos. Viva a linha de Umbanda. Vem remando, remando. Dentro da sua canoa. E no céu da Jurema. A passarada canta.

E todo céu ecoa. Caboclo Pena Branca. Firmou seu ponto na aldeia. E de longe o vento traz. No céu nasceu uma estrela. Oi, que clareia seu Pena Branca na mata. Onde ele mora caiu uma chuva de prata.

UMBANDA BAIXAR CABOCLO PONTOS DE

No cocar desse Caboclo. Tem Azul, Verde, Amarela. E Dourada como o Sol. No canto da Janaína. Quero ver cobra piar. Quero ver caboclo forte. Filho de Cobra Coral. Estava na mata. Estava trabalhando. Seu Pena Branca. Passou me chamando. Agô, agô. Aonde é que mora. Mora na mata. De Nossa Senhora.

Ele vem trabalhar. Ele é Pena Branca. Sete Estrelas me alumia. Sete Estrelas é quem me guia. Eu é Oxossi. E pia Cobra Coral. Seu Pena Branca encontrou. Seu Sete Flechas na floresta. Olha só ki-banb-ôdé! Olha ki-banb-ôdé! Todos os caboclos se enfeitaram. Com as folhas da guiné. Ponto do Caboclo Pena Dourada. Caboclo de pena. Que risca ponto na aldeia. Ele é Pena Dourada. Ponto do Caboclo Pena Verde. Ele vem da mata. O seu nome é Pena Verde. Aqui e em qualquer lugar.

O meu pai é caboclo. Seu Pena Verde vai chegar. Seu Pena Verde vai baixar. Eu me perdi, meu pai. Mas nas matas da Jurema eu encontrei. Na mata eu vi. O Caboclo Pery. A coral piar. No terreiro chegou. Aí vem caboclo de Oxossi. Na Umbanda chegou seu Piraí. Ponto do Caboclo Rei da Mata. Seu Rei da Mata. Mandaram lhe chamar. Pra tomar conta da mata.

Juremei, Juremei, Juremei,. Oxossi, meu pai. Diz Rei da Mata. Ponto do Caboclo Rei do Oriente. Seu Rei do Oriente é da Jurema. A Jurema, a Jurema Olha a força que a Cabocla tem.

Ponto do Caboclo Rei do Sol. Mas quem é aquele caboclo. É o caboclo Rei do Sol. Clareia a lua pra sair mais cedo. Caboclo Roxo da cor morena. Ele jurou e tornou a jurar.

Que ouviu os conselhos. Que a Jurema vem nos dar. Ponto do Caboclo Serra Negra. O seu grito de guerra. Chamando todo povo de Umbanda. Caboclo Serra Negra chegou. Caboclo Serra Negra baixou. Salve seu Serra Negra. Trazendo pemba para trabalhar na Umbanda. Seu Serra Negra vem do além. Trazendo pemba para fazer o bem. A sua flecha quem lhe deu foi Oxossi. A sua lança quem lhe deu foi Ogum. E as sete estrelas que brilham em seu cocar. Ponto do Caboclo Sete Flechas. Ouvi meu pai assobiar. O Caboclo Girassol.

Aruê pam, aruê pam, bis Aruê seu pam pam pam, Aruê pam. Lay lay lay. Caboclo mora na mata. Em qualquer lugar Com o manto da Virgem Maria. Querendo baixar. Que a sua flecha atirou. Salve Deus Nosso Senhor. Pra todos os seus filhos salvar Ê ê Pai Oxóssi! Era uma cidade em festa, Segura o terreiro, que eu quero ver! Vi a sereia cantando, Oi Quibandeodé, As ondas do mar chorando Pra cidade de Jurema. Atira, atira, eu atirei! Na cidade de Jurema. Veado na mata é corredor.

A onde Deus abençoou.

Ilustrador transforma pontos cantados de Umbanda em quadrinhos

Yu ai, Yu ai! E sem a sua munganga de guerra. Ó, viva Oxóssi, - é Banda é, banda é, Ele é caboclo do mato. Oxóssi assobiou, Oxóssi é Rei da Guiné. Que a folha da mangueira, Sou caboclo flechador ô.

Eu vi chover, Mas mesmo assim, Eu vi relampejar. O Céu estava azul. Tem sim senhor. Correu terra, correu mar, Eles vem de longe, Até chegou no meu país. Okê, okê, caboclo! Pra vir na Umbanda trabalhar. Odé mi salerôco, Somos guerreiros de Umbanda.

Odé como faqueran. Viva Oxóssi, ê Agô Lelê, Ó!

DE CABOCLO PONTOS UMBANDA BAIXAR

Meu Pai! Filhos de Umbanda louvaram: Ó! Farolamolodé, Que seu ponto ele firmou. Salve a minha estrela guia. Com sua espada e sua lança Aruê, caçador, O inimigo reduziu! Foi no romper da madrugada. Odé Queboangí. Eu vi a Lua, Ela é quem segura a gira. Pra nos ajudar, Veio pra caçar a ema. A sua banda, a sua gira. É um Caboclo valente. Fez barulho na cachoeira, A Cabocla Jureminha, Sobre a pedra ela rolou. É Oxóssi que chegou. Quero ver arder, Caiu uma folha na Jurema, Quero ver queimar.

Veio o sereno e molhou. E a mata ficou toda em flor. Brilha como o diadema. Também tem uma linda cabana, Ele é filho da Virgem Maria. Mas eles vêm da cidade da Jurema. Sacudindo seu penacho e levantando Dois manos combinou. Oi que me valha Iara. Sua flecha a tiracolo, Bate palmas pra ele. Quem achou, achou, Bate palmas pra ele. Samambaia é só. Ô couiza, ô cauiza.